Roy Haynes “Fountain of Youth”

Roy Haynes – bateria
Martin Bejerano – piano
Marcus Strickland – saxofones
John Sullivan – contrabaixo


Roy Haynes é um dos mais antigos bateristas ainda em actividade, tendo completado já em 2005 uns admiráveis 80 anos de idade e mais de 50 de carreira.

Nascido em 1925, em Roxbury, no Massachussets, só por volta dos anos 90 conseguiu finalmente obter o justo reconhecimento, o que ficou a dever-se a ter surgido numa geração que produziu vários bateristas de excelência, desde Kenny Clarke a Max Roach e Philly Joe Jones, músicos de cuja imensa sombra tardou em libertar-se. Contudo, Haynes acompanhou à bateria alguns dos melhores jazzmen de sempre, nomeadamente Lester Young, Charlie Parker, Miles Davis, Sarah Vaughan, Art Pepper, Dizzy Gillespie e Thelonious Monk.

A partir de finais dos anos 50, Haynes liderou as suas próprias bandas e tocou como freelancer com George Shearing, Lennie Tristano, Eric Dolphy e Kenny Burrell. A carreira musical deste baterista cruzou-se ainda com John Coltrane, funcionando como substituto pontual de Elvin Jones. Nos anos 60, Haynes tocou regularmente com Stan Getz e Gary Burton, e nos anos 80 surgiu ao lado de Chick Corea e de Pat Metheny.
Discograficamente, Roy Haynes tem gravado como líder para várias editoras, destacando-se os registos We Three e Out of The Afternoon. Já em 2004, lançou o CD Fountain of Youth, editado pela Dreyfus, o qual recebeu a aclamação global da crítica e é claramente um projecto que olha para o futuro.