Mulgrew Miller e Steve Nelson

Mulgrew Miller e Steve Nelson são dois expoentes do jazz contemporâneo, respectivamente no piano e no vibrafone, e têm encontro marcado neste Galp Jazz para a partilha de timbres, ritmos e improvisos musicais.

Mulgrew Miller

Mulgrew Miller é um dos pianistas mais requisitados no meio jazzístico de Nova Iorque e tem vindo a estabelecer-se como um dos mais cotados a nível internacional, sendo-lhe creditadas influências de pianistas como McCoy Tyner e Wynton Kelly.

Nascido no Estado do Mississipi, em 1955, Miller iniciou a aprendizagem do piano aos seis anos de idade e ficou definitivamente marcado pela música de Oscar Peterson, que o fez desejar ser pianista de jazz e passou a adoptar como referência.

Com os professores certos, onde se incluem o recentemente falecido James Williams e Donald Brown, Miller foi orientado para a audição dos melhores jazzmen e acabou a tocar em algumas das formações/escolas mais importantes do jazz: a orquestra de Duke Ellington, então dirigida por Mercer Ellington, os Jazz Messengers, de Art Blakey, o quinteto de Woody Shaw e o grupo da cantora Betty Carter.

Não deixa de ser notável que Mulgrew Miller, que tem gravado com todos os grandes nomes do jazz, seja o segundo pianista presente em maior número de discos (400!), sendo ultrapassado apenas por Kenny Barron... Como líder, o seu primeiro registo data de 1985.

Steve Nelson

A actividade profissional de Steve Nelson teve início por volta dos 20 anos e logo com um dos grandes nomes da guitarra jazz, o lendário Grant Green...

Nascido em 1954, em Pittsburgh, Nelson cedo se mudou para Nova Iorque e aí começou a gravar com músicos como James Spaulding (1976), e Kenny Barron (1980). Depois de concluídos os estudos na Rutgers University, o vibrafonista gravou com Bobby Watson (1983), tendo posteriormente começado a tocar com músicos como Mulgrew Miller, Ray Drummond, Donald Brown e Geoff Keezer.

Entre 1994 e 1997, Steve Nelson fez parte do quarteto de Dave Holland e desde este último ano que integra o quinteto e orquestra deste contrabaixista, fazendo igualmente parte do quinteto do lendário pianista George Shearing, o qual actuou no Estoril Jazz em 1995.

Como líder, Nelson gravou o seu primeiro registo discográfico em 1987, «Communications», tendo gravado, como sideman, com Kenny Barron, Mulgrew Miller, Lewis Nash e Jackie McLean, entre outros.